Notícias

InícioNotíciasParceria público-privada reforça segurança em Jaboticabal

Parceria público-privada reforça segurança em Jaboticabal

A ACIAJA promoveu, no dia 27 de novembro, mais uma iniciativa para a segurança do município, com a formalização de uma parceria público-privada, que integra a Polícia Militar, além da Aciaja, Coplana, Socicana, Sicoob Coopecredi, Sindicato Rural e o Fórum de Entidades de Jaboticabal (FEJA). Estas entidades representativas fizeram a entrega de aparelhos celulares e tablet, à PM, para a implantação do projeto denominado V.I.D.A. – Vigilância, Inteligência, Defesa, Ação. 

No projeto, já implantado pela Polícia Militar, em Sertãozinho/SP, os policiais utilizam o aplicativo V.I.D.A. para o monitoramento de réus que estão cumprindo pena em regime aberto, incluindo os que têm suspenção condicional da pena, os sentenciados que cumprem medidas protetivas da Lei Maria da Penha e os que estão com medidas cautelares diversas.

O major Marco Aurélio Los Teles, que junto com o comandante da PM local, capitão Vanderlei Corrêa Alves, participou da reunião, explica que o Projeto V.I.D.A. também monitora réus beneficiados pela saída temporária, como ocorre nas festas de fim de ano. Há ainda suporte para as vítimas de violência doméstica, cadastradas no sistema. Teles afirma que, em Sertãozinho, a iniciativa está sendo bem sucedida e acredita que, com a ajuda da iniciativa privada, isto também ocorrerá em Jaboticabal.

O que dizem os representantes da PM e entidades sobre a parceria

“Agradeço à sociedade civil representada aqui porque estas iniciativas facilitam nosso trabalho”, resumiu o major Teles. O capitão Corrêa Alves lembrou que o FEJA e as demais entidades têm contribuído com a Polícia Militar também em outros projetos, como o FreeBook e o Proerd. “E vale lembrar o quanto a tecnologia nos ajuda em questões preventivas”, disse o comandante, agradecendo pelos equipamentos cedidos.

Maurício Palazzo Barbosa, presidente da Aciaja, falou do desejo das entidades de implantar também a ronda rural e a disposição de contribuir com a PM. “Nosso sonho é uma cidade mais segura, não só no perímetro urbano, mas na zona rural, e a parceria público-privada será cada vez mais reforçada para alcançarmos este objetivo”, afirmou.

Sérgio de Souza Nakagi, membro da Diretoria da Aciaja, comentou que um documento está sendo encaminhado pelas entidades à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, solicitando mais uma viatura para que seja possível monitorar as estradas rurais.

José Antonio Rossato Junior, presidente da Coplana e representante da Socicana e do Sicoob Coopecredi, salientou que a parceria com a Polícia Militar só trará benefícios. “Antes os crimes se caracterizavam por furtos de defensivos agrícolas que aconteciam de madrugada. Agora ocorrem roubos de tratores em plena luz do dia. Não pouparemos esforços, portanto, para intensificar a parceria com a polícia, a fim de garantir mais segurança à comunidade”, disse Rossato.

Arthur Dória Guzzo, presidente do FEJA, elencou os projetos que já foram feitos pelo Fórum, em segurança e outras áreas, sempre visando ao bem-estar da comunidade, e comemorou mais esta aproximação entre a polícia e a iniciativa privada.

Compartilhar

Escrito por

O autor não adicionar qualquer informação a seu perfil ainda

Deixe um comentário