Notícias

InícioJornal Aciaja - Edição 29Reúsa constrói sede no Distrito Industrial

Reúsa constrói sede no Distrito Industrial

Reúsa constrói sede no Distrito Industrial e consolida presença no mercado regional.

A Empresa de Jaboticabal alcança o Mercado Regional com novos serviços como o Gerenciamento de Resíduos Químicos Perigosos, que tem como clientes o Centro Médico do Ribeirão Shopping e Faculdades, além de empresas locais.

Em breve o novo Distrito Industrial de Jaboticabal vai receber mais uma empresa. A Reúsa, especializada em gerenciamento de resíduos, vai iniciar a obra de sua sede administrativa numa área de 2 mil metros quadrados.

Como parte da sede, a Reúsa instalará no Distrito Industrial garagem para sua frota e a Estação de Transbordo de Resíduos Químicos Perigosos, para atender a demanda de pequenos e médios geradores de Jaboticabal e região. A opção por estar no Distrito Industrial faz parte da estratégia de expansão da empresa para novos mercados. Localizada às margens da Rodovia Brigadeiro Faria Lima, a presença no Distrito facilita a logística e o serviço prestado em outras cidades.

A empresa, criada em 2008, é responsável pelo serviço de coleta seletiva de lixo de Jaboticabal. Desde 2014 faz a gestão do Aterro Sanitário de Jaboticabal, que é uma referência ambiental. A cidade é uma das únicas três no Estado de São Paulo que conquistou nota máxima no Índice de Qualidade do Aterro – IQR, Jaboticabal, nos anos de 2015 e 2016. Os resultados para 2017 ainda não foram publicados. O IQR é um ranking elaborado pela Cetesb para avaliar a forma de disposição dos resíduos sólidos pelos municípios paulistas.

Reúsa no Aeroporto

A Reúsa é um dos exemplos de empreendedorismo local que passa a ter uma atuação destacada no cenário estadual. Foi a empresa selecionada pelo Daesp – Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo para elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos nos principais aeroportos paulistas operados pelo departamento, bem como gerenciar todos os resíduos gerados no Aeroporto Leite Lopes de Ribeirão Preto, que registra um movimento de 877 mil passageiros anualmente.

Gerenciamento De Resíduos Químicos Perigosos

Atendendo a clientes nas regiões de Ribeirão Preto, Araraquara e São Carlos, em 2017 a Reúsa passou a atuar na gestão de resíduos químicos perigosos e resultantes da logística reversa. Para este serviço especializado, a empresa já reúne como clientes o Centro Médico do Ribeirão Shopping, a Faculdade de Ciências Farmacêuticas do Câmpus da USP de Ribeirão Preto e a Faculdade de Medicina da USP de RP, além de empresas como NPA, Henfel e Gráfica Atual, em Jaboticabal.

“Apresentamos um portfólio completo de atuação para o correto gerenciamento de resíduos especiais, envolvendo a confecção do Plano de Gerenciamento de Resíduos ao cliente, o treinamento de seus colaboradores, orientação para correta segregação e acondicionamento dos resíduos, o fornecimento de embalagens certificadas pelo INMETRO e devidamente rotuladas, a emissão de toda a documentação exigida, inclusive Cadri e Ficha de Emergência, entre outros. Também realizamos a coleta, o transporte e a destinação final em unidades licenciadas”, destacam os diretores da Reúsa, o engenheiro Paulo Henrique Bellingieri e o administrador Luiz Gustavo Toloi.

“A destinação correta dos resíduos provenientes das atividades produtivas é mais um grande desafio para os empresários. Há dez anos a Reúsa oferece às empresas de todos os portes a gestão dos resíduos, alinhando o objetivo da lucratividade, à proteção ambiental em total observância à legislação, para uma operação segura e de excelência”, finalizam.

Compartilhar

Escrito por

O autor não adicionar qualquer informação a seu perfil ainda

Deixe um comentário